Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Cair num buraco?

Hoje estive à conversa com uma amiga, e falávamos de depressões... O sentir melancolia por tudo, a tristeza crónica,  não ter vontade de estar com gente, o não apetecer fazer nada, as lágrimas que rolam sem controlo... A verdade é que não conseguimos controlar o mundo, e as nossas vontades, mesmo que sejam benéficas para todos nem sempre são aceites ou concretizadas, por vezes torna-se difícil lidar com as derrotas, com o orgulho, com os maus feitios e até mesmo com nós próprios... Não sei se o que sentimos pode ser depressão, mas de que vale o nome, se o que conta é o que se sente? Não me interessa, só sei que por vezes sinto que estou prestes a cai num buraco, que sinto um vazio cá dentro... Sei também que todos os dias faço tudo o que posso para contrariar esse estado de alma, tento dar a volta por cima... há dias melhores que outros, mas o tempo é rei e sabedor das vidas e acredito que tudo vai ter a sua escrita, brevemente ou não, não sei... apenas sei!! Vejo à minha volta que infelizmente não sou a única, se me serve de consolo? Sim, de certa forma sim, não por egoísmo, mas sim por saber que não sou diferente, há mais pessoas que são afectas pelos mesmos porquês que eu, e de alguma forma podemos ajudar-nos mutuamente a passar as barreiras, a atirar com as pedras no nosso caminho e se for caso disso, a perceber qual a direcção do destino... Não acredito que construímos castelos com as pedras no nosso caminho, nahhh, já não vou nessas cantigas, as pedras no meu caminho, quero-as longe, porque se me ensinaram a perceber como a vida pode ser injusta ou mesmo cruel, também me fizeram sofrer, por isso nunca podem fazer parte do meu castelo, esse tem que ser feito de flores e tranquilidade, amor e bonança, alegria e sorrisos verdadeiros!

 

 

 

tags:
publicado por MissAna às 00:14

| Devaneia tu também
Devaneios:
De estrelaquebrilha a 14 de Abril de 2009 às 14:14
Eu ás vezes também me sinto assim, acho que são fases, vais ver que ficas melhor.
bj
De MissAna a 14 de Abril de 2009 às 21:02
São fases, mas também, e falo por mim, situações que nem sequer deviam existir, e por isso doi muito mais...
Beijinhos
De nands a 14 de Abril de 2009 às 17:13
As pedras no castelo que fá-las devem ser aproveitadas. Se uma coisa nos fez sofrer devemos tirar conclusões/lições e aprendizagem que nos tornam mais fortes (pelo menos de coisas que não devemos fazer) e isto é a construção do nosso castelo. Nem tudo pode ser um mar de rosas, mas mesmo que fosse repara que mesmo elas têm espinhos. Não desperdices nenhuma pedra pois pode fazer-te falta para tapar um buraco de modo a não voltares a cair nele!
De MissAna a 14 de Abril de 2009 às 21:06
Algumas pedras até posso por essa hipótese, outras, como as que me refiro ao escrever este post, quero-as bem longe, porque nem para tapar buracos servem... Na minha opinião é utópico achar que todas as pedras um dia poderão ser-nos úteis, quando o que sentimos na verdade é asco ás mesmas. Devemos sempre aprender com elas, mas à que as afastar quando de todo nos fazem mal...
beijinhos e sejas bem vinda!
De nands a 14 de Abril de 2009 às 22:37
As pedras que me refiro não são pessoas propriamente ditas mas sim as situações difíceis que vivemos. E estas por mais que as queremos esquecer, não conseguimos fugir delas, por isso é melhor aproveita-las para seguir em frente de olhos mais abertos.
Os beijinhos que me mandas até agradeço mas eu não sou uma, sou o nands!
De MissAna a 15 de Abril de 2009 às 00:03
As minhas desculpas pelo lapso...
Eu, neste caso refeiro-me a pessoas, a uma determinada pessoa até...
beijos
De nands a 15 de Abril de 2009 às 00:41
Desculpas aceites!
Relativamente às pessoas que são pedras no sapato é melhor mante-las bem longe. Se elas não saírem do sapato é melhor atirar o sapato fora! Mesmo que que seja o único e tenhamos que andar descalços!
De MissAna a 15 de Abril de 2009 às 10:58
Fico feliz por ter aceite as desculpas!
Quanto ao resto, é mais ou menos isso...
De Paula C. a 15 de Abril de 2009 às 22:37
Espero que essa fase passe depressa. Melhores dias virão.
Beijinhos,
Paula
De MissAna a 16 de Abril de 2009 às 01:38
Espero por eles muito ansiosa...
Beijinho e obrigado!
De jugui a 17 de Abril de 2009 às 17:25
Princesinha linda... lamento muito que te sintas assim e sabes que estou aqui hoje e sempre para te apoiar no que precisares.
Confesso que ultimamente também me sinto assim e não é fácil nem falar disso nem o admitirmos, e tu não só o fizeste como também partilhas-te isso, só por isso já és uma heroína :) e como tal também vais superar tudo o que hoje magoa o teu lindo coração.
Beijinhos muito grandes e cheios de força para ti.
De MissAna a 17 de Abril de 2009 às 20:31
Amiga linda, obrigado pelas palavras! Sempre tão doces e cheias de amizade!
Tudo passa,~acredito que é uma má fase e que terá fim, se para breve ou não.. isso é que já não sei!
E tu, também já sabes que podes contar sempre comigo, é uma honra ter-te como amiga!
beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.MEUS Devaneios

. Intervalo

. Amores complicados!!!!

. Nacionalidade de Adão e E...

. COMUNICADO DO GABINETE DO...

. Sátira dedicada a homens ...

. Segunda-feira...

. Depois da tempestade...

. Mulher...! :)

. É a do dia!

. Escolha do restaurante

. Velhinho de programa!!!

. Vida :)

. Crónicas da vida moderna....

. Let it snow?!

. Já....

. 2010

. A gerência deseja:

. SANTA time...

. Love by kids

. Do fim de semana

.Devaneios antigos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.Quantos devanearam por aqui

Free Website Counters
Free Website Counters

.Online

online
Todas as imagens que acompanham os MEUS devaneios são retiradas da internet. Quando forem da minha autoria eu assino.