Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Injustiças da justiça

Deixo aqui registado todo o meu apreço e solidariedade pela Alexandra, a "menina Russa". E infelizmente por muitas mais crianças em estado semelhante como a Esmeralda e afins. Crianças estas que a justiça Portuguesa teimou em estragar a vida e retirar-lhes o que mais é sagrado: a família.

Manifesto o meu luto perante estas situações, a justiça morreu. Esperemos que tempos melhores venham e que a balança que se diz ser justa, deixe de pender para o lado do não sentimento, dos anti valores.

 

A estas crinaças, resta-me ter esperança que cresçam sem ser com revolta dentro do coração, e que consigam um dia perdoar quem tanto mal lhes fez. Que consigam ter uma vida dentro dos possíveis normal...

 

publicado por MissAna às 11:48

| Devaneia tu também
Devaneios:
De green.eyes a 28 de Maio de 2009 às 18:29
Confesso que fiquei um pouco surpreendida com a adesão. É bom saber que há muita gente em Portugal com coração.
Beijinho
De MissAna a 28 de Maio de 2009 às 20:50
Ainda somos um país de gente solidária! Felizmente que assim é!
beijinho
De João Rodrigues Ferreira a 28 de Maio de 2009 às 22:14
Acho que não tiveram em consideração o interesse da criança. A lei,infelizmente, não tem em conta as emoções.
De MissAna a 28 de Maio de 2009 às 23:55
A estabilidade emocional da criança está seriamente posta em causa. Para não falar que parece que em Portugal existem leis consoante o distrito, só isso explica as decisões distintas de dois tribunais...
De estrelaquebrilha a 29 de Maio de 2009 às 13:35
È a justiça que temos neste país, em vez de pensarem primeiro na criança, não.
Mas fiquei contente por saber que houve mt adesão.
bj e bom fim-de-semana.
De MissAna a 29 de Maio de 2009 às 17:37
Infelizmente o nosso país brinda-nos com casos desta gravidade e injustiça...
beijinho e bom fim de semana
De blogando-me1 a 29 de Maio de 2009 às 16:04

Image

Recados.net - Confira mais figuras para Fim de Semana:
[red]***[/red]http://www.recados.net/orkut/21/1/Fim-de-Semana.html[red]***[/red]

</a>
De MissAna a 29 de Maio de 2009 às 17:37
Obrigado e igualmente!!
beijinho
De Caminhando... a 30 de Maio de 2009 às 21:36
É realmente muito triste...
Ainda se considera que os laços de sangue têm imensa força... a verdade é que muitas vezes não têm significado, e, só quem mima, acarinha, cuida e educa é que tem o direito de ser intitulada "Mãe"!
Beijinho grande
De MissAna a 31 de Maio de 2009 às 19:25
Nem mais, são os pais que consideram as crianças como filhos do coração que devem ter o "direito" a elas! A nossa justiça, neste campo deixa muito a desejar..
beijinho
De Paula C. a 31 de Maio de 2009 às 12:36
Também já comentei esta situação que nos leva a cada vez mais não acreditarmos na justiça, e a
pensar se existe de facto justiça.

Desejo-te um bom fim-de-semana, aproveita este sol, que ele te encha de energia para seguires em frente com os teus sonhos.

Beijinhos

Paula
De MissAna a 31 de Maio de 2009 às 19:27
É um caso, dentro de muitos outros que me deixa bastante revoltada com a justiça que temos. Ainda há muito a mudar!!
Espero que o teu domingo tenha sido bom e que tenhas aproveitado ao máximo este dia de sol excelente!!
beijinho grande, obrigado pelo apoio e boa entrada na nova semana!!
De jugui a 1 de Junho de 2009 às 23:49
Pois é.. infelizmente estes casos estão a tornar-se cada vez mais repetitivos na nossa sociedade, cada vez mais o significado Família é "deitado ao lixo" pela justiça... pobres destas crianças que vão sofrer na pele as consequências destes actos...
Beijinhos
E obrigada em nome destas crianças por te lembrares delas.
De MissAna a 2 de Junho de 2009 às 00:45
Infelizmente a justiça tem em pouca consideração valores que deveriam ser prioritários... mas acredito que as coisas possam mudar!
beijinhos
De Carla a 4 de Junho de 2009 às 18:39
Sinceramente ultimamente deixei de acreditar na justiça, isto agora está bom para os criminosos, para os vigaristas, para todas essas pessoas que vivem a vida a enganar e maltratar os outros!
Infelizmente quem sofre são sempre os inocentes!
No caso da Alexandra, da Esmeralda e outras tantas meninas eu pergunto? Com que direito é que um tribunal dá a custónia á familia biológica, familia essa que sempre lhe virou as costas, que não é capaz de dar o minimo de carinho e amor a uma criança? Desculpem-me o termo, mas para ser mãe não é só abrir as pernas e parir, há que ser mãe a tempo inteiro, de coração e apesar das dificuldades da vida nunca abandonar um filho, mas sim lutar sempre pelo seu bem estar!
Deixo aqui a minha homenagem a todas as mães de coração, que não lhe sendo mais do que isso, são capazes de amar e fazer tudo por estas crianças!
De MissAna a 4 de Junho de 2009 às 23:44
Amiga, como sempre as tuas palavras dizem tudo! :)
É preciso muito amor e ter muita vontade de amar para ser mãe do coração! Todas as pessoas que abrem o seu coração para amar uma criança e assim lhe dar um lar, merecem todo o meu respeito!
beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.MEUS Devaneios

. Intervalo

. Amores complicados!!!!

. Nacionalidade de Adão e E...

. COMUNICADO DO GABINETE DO...

. Sátira dedicada a homens ...

. Segunda-feira...

. Depois da tempestade...

. Mulher...! :)

. É a do dia!

. Escolha do restaurante

. Velhinho de programa!!!

. Vida :)

. Crónicas da vida moderna....

. Let it snow?!

. Já....

. 2010

. A gerência deseja:

. SANTA time...

. Love by kids

. Do fim de semana

.Devaneios antigos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.Quantos devanearam por aqui

Free Website Counters
Free Website Counters

.Online

online
Todas as imagens que acompanham os MEUS devaneios são retiradas da internet. Quando forem da minha autoria eu assino.