Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

Mais uma frase

 

"Quem trama desventuras para os outros estende armadilhas a si mesmo."

 

 

 Depois de estar a fazer uma pesquisa sobre fábulas antigas encontrei esta pérola perdida, dita por um senhor chamado Esopo que viveu no século 6 a.c... E não é que ele tinha razão?  Quem semeia o mal e discórdia contra terceiros acaba por colher o que semeou..

sinto-me: confusa
tags:
publicado por MissAna às 00:48

| Devaneia tu também
Devaneios:
De estrelaquebrilha a 18 de Agosto de 2008 às 14:16
Concordo com esta frase, e pelos vistos por mais anos que passem esta sempre actual.
bj e boa semana
De MissAna a 18 de Agosto de 2008 às 14:30
Está e estará sempre actual, infelizmente as discórdias reinarão sempre sobre este planeta a tentar por as pessoas umas contra as outras.. mas acredito que haverá sempre uma força maior a contrapor-se contra a discórdia!
Beijinhos
De Carla a 18 de Agosto de 2008 às 17:30
Há uma outra frase que diz: " quem semeia ventos colhe tempestades", e é bem verdade!
Entristece-me ver que cada vez mais vivemos num mundo onde as pessoas não sabem respeitar o espaço uns dos outros, daí tanta discórdia, tanto egoismo, tanto...tudo!!!!
Mas tb acredito que mais tarde ou mais cedo todos acabamos por ser responsáveis pelos nossos actos, recompensados se proceder-mos bem, castigados se proceder-mos mal!
Beijo enorme!
De MissAna a 18 de Agosto de 2008 às 17:37
Agora disseste tudo, o que é seu a seu dono. Coisas boas com recompensas ainda melhores, para quem fez mal o mal mais tarde ou mais cedo irá bater à porta!
É claro que todos erramos, e fazemos coisas menos boas, magoamos e dizemos o que não devíamos , agora tem que se saber distinguir os erros se são ou não feitos com instintos de malvadez. Aos que erram e assumem que o fazem, merecem todas as oportunidades para se tornarem melhores!
Beijinhos
De Poupette a 19 de Agosto de 2008 às 12:38
dando continuidade ao tema e no mesmo enquadramento, eu gosto deste ditado,

(palavras ou conversa ...) são como as cerejas, vêm umas atrás das outras
e o que acontece é que podemos encontrar um tipo de gentinha que o ditado os cite da seguinte forma:
"SANTINHA DO PAU OCO" !

Cada qual com seu igual , cada qual no seu lugar!
Hasta



Aproveito para indicar o meu preferido :
Quem ri por último ri melhor!
De MissAna a 19 de Agosto de 2008 às 16:33
Eh pá parece que uma citação tão antiga dá que falar! Talvez porque muita gente se enquadra nela não é Poupette ?
A carapuça só entra a quem lha couber!
Ah, e há um ditado de que gosto muito: quem não deve não teme!
Hasta, e volta sempre! :)
De iRrAcIoNaL a 19 de Agosto de 2008 às 18:08
essa já é bem antiga, e há tantos casos reais que comprovam isso mesmo. Eu até te dava uns exemplos, mas é melhor estar calada :D
Bjinhos
De MissAna a 19 de Agosto de 2008 às 18:18
Tão antiga e tão actual! Infelizmente todos temos exemplos disso na nossa vida...

Beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.MEUS Devaneios

. Intervalo

. Amores complicados!!!!

. Nacionalidade de Adão e E...

. COMUNICADO DO GABINETE DO...

. Sátira dedicada a homens ...

. Segunda-feira...

. Depois da tempestade...

. Mulher...! :)

. É a do dia!

. Escolha do restaurante

. Velhinho de programa!!!

. Vida :)

. Crónicas da vida moderna....

. Let it snow?!

. Já....

. 2010

. A gerência deseja:

. SANTA time...

. Love by kids

. Do fim de semana

.Devaneios antigos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.Quantos devanearam por aqui

Free Website Counters
Free Website Counters

.Online

online
Todas as imagens que acompanham os MEUS devaneios são retiradas da internet. Quando forem da minha autoria eu assino.