Domingo, 24 de Janeiro de 2010

Vida :)

 

Hoje estava eu a levantar-me da caminha ás 6h30 da manhã quando, no calor da revolta pela hora, penso que em vez de ir ver embriões devia era ir assaltar um banco ou jogar no euromilhões para ficar rica e não ter que ter esta vida sem horários para nada....

Mas depois, já mais calma e com a cabeça mais refrescada do banho, lembro-me do porquê de ter seguido esta área tão fascinante mas também tão absorvente como é a embriologia...: A alegria de dar! Dar vida aos sonhos de tanta gente que já é pai e mãe de coração, mas que o destino insiste em não lhes dar essa dávida fisicamente. É a alegria de ver sorrisos da mais pura felicidade, vindos direitinhos do coração. É a alegria de poder usar a ciência para gerar vida! É isto que me move todos os dias, meses sem fins de semana, sem horários certos para nada. É esta vontade de querer dar boas noticias. E hoje não foi diferente, apesar de contrafeita, levantei-me cedíssimo, depois de um Sábado cheio de trabalho e fui. Mas rapidamente me esqueci de tudo e absorvi apenas a alegria de dar uma boa notícia depois de tanta tempestade! Conseguimos, desta vez aconteceu, fez-se o milagre na mão da ciência! Agora só me resta estar feliz, muito feliz! Uma etapa ultrapassada com sucesso, venham as restantes que cá estarei para dár sempre o meu melhor!

tags:
publicado por MissAna às 11:18

| Devaneia tu também | Outros devaneios (30)
Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009

Vida nas estradas!

Vi hoje na TV uma notícia que me tocou especialmente, e como o fez comigo era bom que provoca-se o mesmo efeito a todos os que a viram.. O número de mortes nas estradas portuguesas... Infelizmente um número demasiado comprido... a passar os 700...

Aqui me confesso que sempre fui um pé pesado ao volante, mas como agora tenho que fazer mais km´s para ir trabalhar, consciencializei-me mais para o assunto. Não faz mal o tempo que gasto a mais cumprindo os limites (excepto o de 50... esse ainda não consigo cumprir..), tento esforçar-me para andar mais devagar, porque como sempre me foi dito (e bem) "devagar se vai ao longe"!

As estradas estão cada vez mais perigosas e os carros cada vez mais potentes, o que apraz uma combinação muito perigosa, em muitos casos mortal... Há bem pouco tempo tocou em familiares directos essa tristeza sem medição possível, a perda de três pessoas ao mesmo tempo num acidente na A1... É algo dilacerante e destruturante psicologicamente, não há palavras para descrever... Este acontecimento fez-me repensar na minha actuação enquanto condutora, e fez-me também assumir para comigo uma promessa de mudança de atitude na estrada. Nem que seja pelo medo das multas (que já me chegaram algumas a casa...), faço um apelo a todos, para repensarem na conduta enquanto condutores, para que o trágico número de mortes na estrada não aumente ainda mais...

 

E para nos embalar nesta viagem, vai esta música, que especialmente adoro!

 

 

tags:
publicado por MissAna às 00:30

| Devaneia tu também | Outros devaneios (18)
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Eu e os outros

Normalmente não costumava ser muito pessimista, achava que havia sempre uma solução para todas as situações, que as más atitudes podiam ser casos isolados... Mas infelizmente para algumas não há.... A índole de muita gente não lhes permite serem boas, ponto. Dava por mim a perder muito tempo há procura do bom no meio da escumalha de atitudes, e o que encontrava era lixo mascarado de bom senso. Só que muitas vezes já era tarde de mais... Já tinha dado demasiado de mim, já me tinha exposto a esse alguém que só esperava o momento da facada, tal como nas epopeias gregas.... Mas que fazer, era assim, parecia que não aprendia com casos passados, confiava demasiado e demasiado rápido. Pensei muitas vezes que mais valia ser assim, do que não confiar em nada nem em ninguém, o facto de acreditar em tudo e em todos era sinal de que algo cá dentro mexia.... Mas.... não valia o esforço, nem tão pouco as desilusões, e a pouco e pouco, muito lentamente, fui-me desligando, ficando menos crente, e incrivelmente, mais feliz. Lá diz o velho ditado... "O que o olhos não vêm o coração não sente"...

.... Mas....

No meio deste processo cruzamo-nos com pessoas que nos fazem (re)pensar no novo caminho escolhido. Pessoas que te dão tudo sem nada pedir. Que ficam felizes por ti sem te conhecer, que se sacrificam só porque sim por ti... Pessoas que te fazem sentir que vale a pena andar por este mundo, que te fazem voltar a acreditar que as amizades verdadeiras podem surgir vindas do nada. E foi isto que me aconteceu. Estes dias conheci pessoas com tudo de bom, com as quais aprendi muito, que me ensinaram tudo o que sabiam com a melhor das vontades e o menor do desprendimento. E principalmente, sem esperar nada em troca! Foi bom, neste momento poder conhecer alguém assim, com as quais me identifico a 100%...

tags:
publicado por MissAna às 00:04

| Devaneia tu também | Outros devaneios (16)
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

Acreditar

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

Fernando Pessoa

 

Vale a pena acreditar, ter fé, um dia aquilo que desejamos do nosso mais profundo íntimo acontece! É preciso ter fé nas nossas ideias!

Hoje aconteceu, estou a transbordar felicidade! Passei o muro que durante um ano pensei ser grande de mais para mim! Pensei várias vezes em desistir sem nunca tentar... Mas felizmente a força interior venceu e tentei... Consegui! Derramei lágrimas ás custas disto, e hoje a reacção à noticia foi de também chorar, mas chorar de felicidade...!

Hoje aprendi ás minhas custas, que nunca se deve desistir de algo importante! Pode sempre acontecer, e o sabor da vitória é fantástico..!!

 

 

E Bem a propósito...

 

tags:
publicado por MissAna às 00:48

| Devaneia tu também | Outros devaneios (20)
Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Vida que corre

Nunca vos aconteceu olharem para trás e ver que tudo passou tão rápido? Que aquilo que gostamos de fazer ficou adiado mais uma vez? Coisas simples, como ler um bom livro, ver um filme, dar aquele passeio que tanto queremos dar... Mas outras coisas vão-se sobrepondo e acabamos por não fazer metade do que queremos! Ou porque não é a melhor altura financeira, ou porque está sol ou porque está chuva!

Mas hoje, decidi não adiar mais! Fui jantar com umas amigas, por a treta em dia como diz uma delas! Soube bem falar de coisas banais, ter aquelas conversas sem conteúdo mas que só nos fazem rir! Soube bem deixar os homens em casa e ter um jantar só nosso! Comer e beber bem, sempre acompanhadas de muita e boa disposição!

Sabe bem ter amigos assim, porque sem vocês estes doces momentos não existiam!

E não vale de nada adiar os momentos que nos dão prazer, porque o tempo que cá passamos é demasiado curto para não vivermos a vida a sério! Se quero e se posso... faço sem olhar para trás!

 

tags:
publicado por MissAna às 00:48

| Devaneia tu também | Outros devaneios (28)
Segunda-feira, 13 de Julho de 2009

NÃO!

Quando tudo o que tomamos como certo se revela o contrário, é uma sensação de grande impotência....

Quando falamos falamos e nada, não entra nada no nosso interluctor(a), grande impotência também...

E muitas destas consequencias são devidas a mim, porque nunca soube dizer não...

Quando queremos dizer não, mas acabamos por dizer sim só porque é mais fácil, só porque fingimos acreditar em algo que já sabemos que deu tudo o que tinha a dar... Saber dizer não é uma virtude, que nem sempre é fácil de ser aplicada! O NÃO pode mudar tudo, e nem sempre é fácil de proferir. Acabamos por aceitar com um sim pouco convicto o que não queremos de coração....

Eu não sei dizer não! Em muitas alturas da minha vida, em muitas e diferentes situações em que se impunha um não, eu disse sim, porque não queria magoar nem contrariar ninguém, mas quem saia magoada e/ou contrariada era eu!!

Apesear de hoje já não ser tanto assim (mas muitos tropeções dei para aprender a lição) ainda tenho dificuldade em dizer o chavão! Não me considero boa de mais por isso, acho até que muitas vezes sou "burra" por não o dizer na altura certa, e usando uma palavra menos bonita, lixo-me algumas das vezes por ser assim...

No mundo que hoje vivemos, cada vez mais devemos seguir o nosso caminho com as nossas convicções, as opiniões dos outros, a essas devemos dar a devida importancia, e saber dizer não quando interferem com o nosso bem estar...

É fácil falar, neste caso escrever, mas passas à prática nem sempre o é, e por isso as consequências são desatrosas, e o sentimento de impotencia perante a realidade é grande... Todos os dias são uma nova batalha para mim mesma, para que quando tenha que ser, seja, e saia um NÃO convicto e cheio de força!

 

tags:
publicado por MissAna às 00:41

| Devaneia tu também | Outros devaneios (26)
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Revivalismos!

Hoje fui surpreendida com uma chamada da minha mãe! Estava ela a arrumar caixas antigas quando encontrou um dossier cheio de desenhos meus pintados a aguarela!! Bem, eu já nem me lembrava bem disso, dos tempos em que eu achava que poderia ser artista! Soube-me tão bem recorda-los, de ver os comentários quando o meu irmão insistia em participar nas pinturas... E de repente recordei em cada uma delas todos os momentos e emoções de uma infância que já ficou para trás à demasiado tempo, há mais tempo do que eu queria...

É bom poder ter o tempo na mão, ainda que de forma tão simples, que sabe tão bem! Dá uma sensação de poder, podemos voltar a trás no tempo...É delicioso ser assim, nem que seja por instantes!

Adorei viajar no tempo, no meio dos papeis já meios amarelos, fui criança outra vez!

tags:
publicado por MissAna às 19:33

| Devaneia tu também | Outros devaneios (22)
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Sorte!

Muitas vezes dou comigo a pensar: lamento-me tanta vez, mas até sou uma mulher com sorte... tenho uma vida saudável, uma família, trabalho, tive oportunidades para seguir tão longe quanto quis! Posso, dentro dos meus próprios limites fazer o que quero, tenho liberdade para falar, para escrever o que me vai na alma! Enquanto que há tanta gente que tem realmente motivos para se queixar e lamentar, têm uma vida triste, se qualquer posse ou bem... Esses sim, são os verdadeiros necessitados. Muitos deles, além de pobreza física, sofrem de pobreza de espírito o que não ajuda em nada na primeira!

Com isto quero chegar a um ponto. quando muitas vezes, e  falo por mim, me centro no meu umbigo, tento logo que me apercebo, a desconcentrar-me de tal, pois, há coisas realmente mais importantes no mundo a serem sobrevalorizadas, e os meus problemas, que para mim são do tamanho do mundo, comparados com outros, não são nada, e como tal, devo viver e aprender a lidar com eles, dando-lhes  a importância devida, sem nunca os descuidar! Pois a vida são dois dias, e para que esta passagem valha a pena, há que pensar global, e que o mundo somos nós todos, e não o nosso eu individual!

Por isso, digo e repito, eu até sou uma mulher com sorte!

 

 

tags:
publicado por MissAna às 00:52

| Devaneia tu também | Outros devaneios (22)
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

O país em que vivemos

Estes dias tenho andado estupefacta com a tamanha publicidade que se tem feito à volta do Real Madrid, do Cristiano Ronaldo e da sua suposta relação com a Paris Hilton! É certo que a taxa de desemprego em Portugal subiu muito, mas daí a ocuparem e muitas vezes alienarem os portugueses com estas fofoquices é que não!! Nos tempos que correm, sinto vergonha de saber que ainda se vendem homens, e por milhões. Pensava que o tempo da escravatura já lá ia à uns séculos, e que a alma das pessoas não estava à venda... Mas ando bastante enganada. Porque com a crise... tudo se vende, até a alma! Ponho-me a pensar quantas pessoas ficariam felizes e sobreviviam com aquele dinheiro... Um rapaz tão novo metido nestes meandros de milhões não é capaz de ter a sensatez de pensar nem que seja por um bocadinho ínfimo que o mundo é tão grande, e em muitos sítios tão necessitado... Mas não... mais vale gastar mais uns milhões em superficialidades e estar com a rainha das mesmas: Paris Hilton, que valha-me sei lá quem, é uma perua rapaz!!! Mas até te compreendo, desde sempre privado de tudo, em que a pobreza também era de espírito. E de repente tudo, o mundo aos seus pés... acredito que não deve ser fácil viver assim! As ofertas são mais que muitas e os desvios e tentações estão a cada cinco metros. É preciso ter força e presença de espírito para saber gerir uma vida assim! Mas pelo menos tenta, pois o teu "coiro" está mais do que exposto neste momento!

tags:
publicado por MissAna às 00:06

| Devaneia tu também | Outros devaneios (10)
Domingo, 14 de Junho de 2009

Domingos...

Nunca fui fã dos Domingos, sempre os achei dias enfadonhos e tristes. E cada vez mais acho isso, começo a sentir pânico dos Domingos, e usando a gíria comum, são uma verdadeira seca!!

Quando era garota lembro-me que ao Domingo ia sempre passear com os meus pais, foi a única altura que achei graça aos Domingos. Depois os anos foram passando, tal como a vontade de sair com os pais... queria ficar por casa e sair com os amigos, e eles insistiam na minha companhia, resultado: chatices ao Domingo! A minha mãe, sempre muito ligada ás questões da Igreja obrigava-me a ir à missa ao Domingo, logo pelas 9h00.... Além de ser um dia chato, começava obrigatoriamente muito cedo...!!

Entretanto cresci mais um bocado, e  a minha vontade começou a ser mais ouvida, passava os Domingos em casa a matar o tempo com filmes ou a estudar.... Cresci mais um bocadito ainda, quando fui para a faculdade estudar! Domingo passou a ser sinónimo de despedida dos amigos, do namorado e família.... Logo momentos de nostalgia e de saudade logo a começar a semana! Chegava à minha casinha, falava com os amigos para combinar uma saídinha... mas ao Domingo sempre tudo fechado!!

Agora que sou um bocado mais crescida, continuo sem apreciar tal dia.... É um dia nostálgico, e por mais sol que esteja acho sempre que é um dia triste... Não gosto muito de passar uma tarde a ver televisão, mas é como tenho passado os meus últimos Domingos... Sozinha não me dá muito para sair, os amigos estão nas suas vidas com os seus maridos(mulheres)/namorados(as) e o namorado gosta de se refastelar no sofá...

É em dias assim, como este, que penso mais nas coisas, vejo que a vida passa tão rápido que não me posso dar ao luxo de me sentar a assistir à sua passagem... Quero mais do que nunca ter a sensação de dever cumprido, coração leve e aliviado. Quero poder olhar ao espelho e ver a mulher por quem sempre lutei e aspirei ser. Recuso-me a ser uma sombra dos meus pensamentos. Não quero ter mais Domingos nostálgicos e escuros... Quero que marquem a diferença e a entrada triunfante numa nova semana...!!

tags:
publicado por MissAna às 20:52

| Devaneia tu também | Outros devaneios (12)

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.MEUS Devaneios

. Vida :)

. Vida nas estradas!

. Eu e os outros

. Acreditar

. Vida que corre

. NÃO!

. Revivalismos!

. Sorte!

. O país em que vivemos

. Domingos...

. Welcome to the jungle

. Hot and cold

. Sábado à noite...

. Cair num buraco?

. Não sou dessas coisas...

. Adoçar a vida

. Fui a banhos...

. Grandes pequenas coisas

. Formas de vida

. Coisa ruim

.Devaneios antigos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.Quantos devanearam por aqui

Free Website Counters
Free Website Counters

.Online

online
Todas as imagens que acompanham os MEUS devaneios são retiradas da internet. Quando forem da minha autoria eu assino.